Leiria

Vai começar o maior encontro de jogos de tabuleiro do país

LeiriaCon decorre de 1 a 4 de Março na praia da Vieira, em Marinha Grande. Esperam-se milhares de jogadores que poderão experimentar mais de 600 jogos de tabuleiro

Texto de P3/Lusa • 28/02/2018 - 17:45

Distribuir

Imprimir

//

A A

Milhares de jogadores são esperados na 12.ª edição da LeiriaCon, a maior convenção de jogos de tabuleiro alguma vez realizada em Portugal, que decorre de quinta-feira, 1 de Março, a domingo na Praia da Vieira, no concelho da Marinha Grande.

 

Estão disponíveis mais de 600 títulos na ludoteca de acesso livre e existem mesas suficientes para receber 400 participantes em simultâneo. A unidade hoteleira da Praia da Vieira que acolhe o evento há muito que está com a capacidade de alojamento lotada face à procura de jogadores nacionais e estrangeiros. "Vamos ter pessoas da Polónia, da Alemanha e de França, e até uma família que vem do Brasil, que está a passar férias cá e quer vir à LeiriaCon", explica à agência Lusa Nuno Sentieiro, um dos responsáveis da associação Spiel Portugal, que organiza o evento.

 

"A convenção está a crescer bastante e estamos a ter um bom problema de falta de espaço. Este ano, aumentámos em quase um terço a capacidade para receber jogadores, alargando a LeiriaCon a duas outras salas", sublinha, antecipando uma "invasão" de jogadores. "Vão ser uns milhares, sem exagero".

 

Ao longo de quatro dias, as mesas estão abertas para quem quiser experimentar múltiplos jogos de tabuleiro, que vão muito além do tradicional Monopólio. "Hoje em dia, milhares de novos jogos, para todas as idades, gostos e feitios são desenvolvidos todos os anos por uma indústria pujante e criativa. Os novos jogos de estratégia vieram para ficar", afirma o responsável.

 

Na 12.ª LeiriaCon, o tema são os comboios, que inspiram a decoração dos espaços e têm uma secção própria de títulos que lhes são dedicados. Em paralelo, decorrem torneios, maratonas e conferências, onde se discute o fenómeno. "Há muitas associações de boardgamers no país inteiro, que vão falar das suas experiências e sobre como se leva os jogos ao público em geral." A afirmação dos jogos de tabuleiro em Portugal e o capital de experiência acumulado pela LeiriaCon ao longo das edições anteriores faz com que a convenção seja "cada vez mais prestigiada no estrangeiro". "Tornou-se um evento importante, por causa dos protótipos que cá se testam e dos autores nacionais que se tornaram consagrados no estrangeiro. Temos muitos estrangeiros que já querem vir cá, entre editores, autores, designers".

 

O número cada vez maior de jogadores e a crescente procura pelo evento faz a Spiel Portugal equacionar o futuro, reconhece Nuno Sentieiro. "Ou fazemos uma convenção mais limitada, com pré-registo, ou avançamos para uma expansão, numa espécie de feira. Estamos a estudar as possibilidades todas, mas não queremos perder a bandeira de estar junto ao oceano, conhecer as pessoas e manter aquele saber receber português."

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que