“eşitlik”, “gleichheit”, “égalité”: a igualdade é para todos

autoria Nuno Rafael Gomes

// data 30/11/2017 - 12:52

// 1831 leituras

Se dissermos eşitlik ou gleichheit estamos a falar exactamente do mesmo. A primeira palavra é turca; a segunda, alemã. A geografia separa os países, o significado do vocábulo aproxima-os. E se dissermos égalité? Sim, igualdade. Falamos todos do mesmo. A palavra tem uma só voz — a de toda a gente que se espalha pelo globo e que a compreende como um manto que dá para todos, independentemente da cor, da etnia, do sexo, do género ou da orientação sexual. E de tantas outras características que fazem com que não haja um ser humano igual. 

 

Vozes da Igualdade - we all speak with a single voice é como se fosse a Declaração Universal dos Direitos Humanos gravada em muitas línguas, por gente muito diferente entre si, com paisagens tão diversas quanto os backgrounds de cada um dos testemunhos. O vídeo foi promovido pelo Projecto Identidade e contou com a colaboração de alunos em programa Erasmus na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, em Vila Real, e de habitantes de bairros sociais daquela cidade, através do Projecto +Social E6G

Eu acho que