Airbnb diz "Nós aceitamos"

autoria Liliana Borges

// data 06/02/2017 - 17:33

// 2897 leituras

Política e imigração foram os temas mais escolhidos pelas marcas que compraram os minutos de publicidade vistos pelos milhões de norte-americanos que este domingo assistiram à 51.ª edição do Super BowlNuma lista de 62 anúncios compilada pela Advertising Age, destacam-se algumas empresas que fizeram questão de deixar clara a sua posição acerca do actual momento político vivido pelos Estados Unidos. Uma das mais elogiadas foi a da Airbnb, que reagiu explicitamente ao decreto presidencial – entretanto já suspenso por um juiz federal – assinado por Donald Trump, que proíbe temporariamente a entrada no país de cidadãos de sete países de maioria muçulmana. Num anúncio de 30 segundos, a Airbnb mostra uma série de pessoas de diferentes etnias, géneros e idades, com a seguinte mensagem: "Não importa quem és, e de onde és, quem amas e em quem acreditas, todos nós temos o nosso lugar" ("No matter who you are, where you're from, who you love or who you worship, we all belong"). O vídeo termina com a palavra-chave #weaccept (nós aceitamos). Minutos depois de a publicidade ser exibida, o director-geral da Airbnb, Brian Chesky, anunciou que a empresa iria ajudar o Comité Internacional de Socorro com quatro milhões de dólares durante quatro anos e que iria garantir alojamento para cerca de 100 mil pessoas nos próximos cinco anos.

Eu acho que