Victor Zissou/Pexels

Iniciativa

As “paredes vingativas” da Penha de França devolvem o chichi a quem as usa como urinóis

Junta de Freguesia da Penha de França, em Lisboa, aplicou uma tinta que repele a urina das paredes se alguém as usar indevidamente. Para combater o mau cheiro e apelar ao civismo

Texto de P3 • 10/01/2017 - 19:43

Distribuir

Imprimir

//

A A

O cheiro era, em muitos locais, "nauseabundo", as queixas eram "recorrentes" e na Junta de Freguesia da Penha de França, em Lisboa, queria "cortar-se o mal pela raiz". As "paredes vingativas" andam a ser programadas há meses e estão finalmente em acção: em nove pontos da freguesia foram pintadas superfícies com um repelente hidrofugante incolor. Agora, quem urinar nestes locais verá a urina ser repelida.

 

A medida quer ser pedagógica e, também por isso, a junta optou por identificar com cartazes as paredes onde a tinta foi aplicada para "repelir o chichi" — ainda que "muita gente não acredite" que seja verdade, sorri Rita Neves, responsável pelo espaço público na Penha de França. Por ali, as paredes "deixaram de ser vítimas e decidiram passar a vingar-se", escreveram numa nota publicada na página do Facebook.

 

Estas "Paredes Vingativas" não são as primeiras do género em Lisboa. Nas junta de freguesia de Benfica e da Misericórdia há ideias semelhantes em acção. A diferença, sublinha Rita Neves, está na preocupação ambiental adicionada: "Em Fevereiro, a junta tomou a decisão de não usar qualquer produto com compostos químicos potencialmente cancerígenos. Em jardins, por exemplo. Seria redundante tirá-los dos jardins e pô-los nas paredes."

 

O produto adoptado na Penha de França pode ser aplicado em todas as superfícies e repele qualquer líquido por um período estimado de dois anos. Desta forma, esperam "evitar situações menos agradáveis, em termos de higiene pública, e ajudar à responsabilidade cívica de todos". Há nove paredes em acção — mas a aplicação da tinta não fica por aqui.

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que