Segurança

Passadeiras luminosas para ajudar a proteger peões na Holanda

Empresa criou passadeiras com caixas de luzes para as tornar mais visíveis. Depois de um teste em Eerbeek, podem seguir-se outras cidades holandesas

Texto de P3 • 04/01/2017 - 19:55

Distribuir

Imprimir

//

A A

Uma empresa holandesa desenvolveu uma tecnologia para tornar as passadeiras mais visíveis para os condutores, tentando dessa forma contribuir para a diminuição dos atropelamentos. Em vez da tinta branca para marcação de pavimentos, a Lighted Zebra Crossing usa caixas de luzes que tornam as passadeiras muito mais visíveis.

 

A tecnologia pode ser ligada ao sistema de iluminação da cidade ou a painéis solares e as linhas da passadeira, que gastam muito pouca energia, podem ser directamente implementadas no asfalto. Ao sistema é ainda possível adicionar sensores capazes de medir o número e a velocidade dos peões, bem como a quantidade de veículos que atravessam a passadeira.

 

O primeiro teste foi feito em Eerbeek, uma localidade holandesa com cerca de dez mil habitantes, no final do mês de Novembro. Durante um ano, 2.500.000 veículos cruzaram a passadeira. Segundo a revista digita Curbed, já estão previstas instalações da tecnologia noutras cidades holandesas.

 

Em Portugal, os atropelamentos representaram em 2015 um quarto das 593 mortes nas estradas portuguesas e os números de acidentes ocorridos em passadeiras ainda fazem soar os alarmes. Segundo o relatório da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), os peões morreram depois de estarem a atravessar uma passagem sinalizada (28), a menos de 50 metros de passadeira (21) ou na faixa de rodagem (22).

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que