Orienta-te Redes Sociais

Susana Vera/Reuters

Amor Instantâneo

Os encontros acontecem em simultâneo nos Quiosques do Refresco no dia 14 de Fevereiro, entre as 17 e as 19h

Lisboa

Amor Instantâneo: o dia de S. Valentim para solteiros

Iniciativa “speed-dating” da Quiosques do Refresco abrange diferentes orientações sexuais. O objectivo é transformar o dia de São Valentim numa celebração para todos

Texto de Andreia Martins • 13/02/2014 - 17:33

Distribuir

Imprimir

//

A A

Numa efeméride em que lojas e restaurantes orientam a sua oferta para quem já tem uma cara-metade, os Quiosques do Refresco de Catarina Portas, em Lisboa, lançam a segunda edição da iniciativa Amor Instantâneo. O objectivo é proporcionar encontros de “speed-dating” a todos os solteiros, independentemente da orientação sexual. 

 

Este ano, há um novo quiosque para os solteiros convictos. Um dos promotores deste evento, João Regal, explica ao P3 que a actividade se destina “a quem está sozinho neste dia”, e, dentro deste grupo, àqueles que “pretendem conhecer pessoas neste dia ou, pelo contrário, que querem celebrar o seu estado de solteiros”.

 

Nos três quiosques onde vão acontecer os encontros de “speed dating”, os participantes terão sete minutos antes de uma nova troca de mesa para conhecer e fazer conversa com o potencial companheiro ou companheira. Como aconteceu no ano passado, o Quiosque do Camões destina-se a solteiros heterossexuais, enquanto o Quiosque do Príncipe Real receberá rapazes interessados em conhecer outros rapazes, e em simultâneo, o Quiosque das Flores vai proporcionar encontros entre raparigas. 

 

Ao mesmo tempo que os participantes rodam de mesa, vai sendo servido a cada novo encontro um copo de vinho quente, para que as pessoas “estejam mais à vontade e mais desinibidas”.

 

A novidade deste ano acontece no Quiosque do Largo de São Paulo, onde haverá uma “happy hour”, também de vinho quente, para quem “não tem namorado ou namorada e está feliz assim”. Para além de incluir os mais solitários nas comemorações desta data, um dos objectivos do evento é tirar o “speed-dating” “das caves das discotecas” e trazê-lo para o espaço público, até porque “não tem de ser uma coisa obscura”, defende João Regal.

 

Os encontros desenrolam-se num ambiente divertido e informal, o que não significa que não se possa retirar desta celebração uma relação mais séria. “No ano passado foram alguns os casais que saíram das esplanadas juntos, provavelmente para jantar”. Mais tarde, chegaram os agradecimentos via e-mail ou Facebook à organização do evento: “um mês depois, dois rapazes falaram connosco a agradecer-nos pela realização da iniciativa, porque os tinha levado a conhecer a sua cara-metade”.

Eu acho que

Pub

P3 now speaks English. See our galleries

Festival

Entre música, manobras de skate, campeonatos de matraquilhos, mergulhos na piscina e passeios pelas ruas de Barcelos o dia 2 do festival foi marcado pela maior...

Salvador, o vencedor do Festival da...

Ilustração // A euforia começou por ser portuguesa: Salvador Sobral interpretou a canção que...