Orienta-te Redes Sociais

"Cancro, comigo pias baixinho"

autoria Liliana Pinho/JPN

// data 03/02/2014 - 19:09

// 37463 leituras

São mulheres sorridentes apesar da doença, bonitas apesar da falta de cabelo, confiantes apesar do preconceito. Têm cancro e deixaram-se fotografar, com frases motivadoras, porque "ter cancro não é ser cancro". O objectivo é destruir as ideias pré-definidas de que as doentes oncológicas são "coitadinhas", que estão "mais frágeis, mais debilitadas". "Ter cancro não quer dizer que não possamos estar bonitas, não possamos encarar a vida de forma optimista, não possamos ser positivas, que não possamos viver a vida como uma pessoa 'normal'", explicam Áurea e Alexandra, duas das mentoras da campanha denominada "Despir o Preconceito", que está a colorir as ruas do Porto com mupis destas "mulheres exemplo", depois de cidades como Braga ou Coimbra. Nascida da cooperação da Associação Cancro com Humor com o designer Filipe Inteiro (que para tese de mestrado decidiu explorar a utilização da fotografia na comunicação social) a campanha não tem fins lucrativos. Funciona apenas com voluntários e os apoios conseguidos servem, especialmente, para que os cartazes espalhados nos mupis de cada cidade possam ser impressos.

Eu acho que