Orienta-te Redes Sociais

O número

50
mil alunos será o universo de estudantes da futura instituição

Ensino Superior

Lisboa vai ser “uma das grandes cidades universitárias da Europa"

As várias faculdades estão distribuídas por vários pontos de Lisboa. A instalação na cidade de residências universitárias é um assunto em discussão

Texto de Lusa • 26/11/2012 - 19:47

Distribuir

Imprimir

//

A A

A fusão das universidades Clássica e Técnica vai fazer de Lisboa “uma das grandes cidades universitárias da Europa”, disse esta segunda-feira o reitor da Universidade de Lisboa (“Clássica”), António Sampaio da Nóvoa.

 

“Nos últimos meses, temos obstinadamente criado condições para reunir o que a história nunca devia ter separado - a Técnica e a Clássica”, disse Sampaio da Nóvoa na abertura da conferência Portugal em Mudança, que assinala o 50.º aniversário do Instituto de Ciências Sociais (ICS) da Universidade de Lisboa.

 

Para o reitor, a fusão é “a mais importante mudança na universidade portuguesa das últimas décadas”, uma mudança feita “em nome da liberdade”. Essa liberdade permitirá “ligar a investigação à formação das novas gerações”, disse.

 

O reitor deixou críticas aos académicos que “falam em surdina nos corredores do poder” contra a perspetiva da fusão, e garantiu que a união das universidades não será abandonada por “complacência”.

 

Integração na cidade

A entidade resultante da junção das universidades de Lisboa e da Técnica de Lisboa e a autarquia estão a procurar uma forma de o estabelecimento de ensino superior se integrar mais na cidade. O reitor da Universidade de Lisboa disse à agência Lusa que “é muito importante a ligação” destas instituições com a cidade e o modo como se vão articular dentro da localidade.

 

“É uma presença fortíssima na cidade, envolvendo cerca de 50 mil estudantes, por isso estamos a trabalhar com o presidente da Câmara Municipal para encontrar maneiras de ser útil para a cidade”, avançou.

 

As várias faculdades das duas universidades estão distribuídas por vários pontos de Lisboa, e António Sampaio da Nóvoa referiu a possibilidade de instalar residências universitárias e outros projectos, nomeadamente habitacionais, dentro da cidade.

 

Actualmente, a lei que vai juntar as duas universidades está a aguardar promulgação do Presidente da República, e os estatutos deverão estar prontos dentro de três meses, depois do trabalho das assembleias estatutárias que já se iniciaram.

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Contracepção

Do ponto de vista médico, as pílulas de nova geração são mesmo aconselhadas no “tratamento adjuvante” da acne. “É uma enorme vantagem intervir ao nível...

Salvador, o vencedor do Festival da...

Ilustração // A euforia começou por ser portuguesa: Salvador Sobral interpretou a canção que...