Orienta-te Redes Sociais

Stephen Lam/Reuters

Leiria

Já há mais uma plataforma de cursos online gratuitos

O Instituto Politécnico de Leiria aventurou-se no mundo dos MOOCs (Massive Open Online Courses) e começa, a partir desta sexta-feira, a formar online, de forma gratuita e livre

Texto de Fabiana Queirós de Oliveira/JPN • 07/03/2014 - 13:32

Distribuir

Imprimir

//

A A

A plataforma UP2U está há algum tempo disponível online (em protótipo), mas os interessados já se podem inscrever nos diversos cursos concebidos por professores e parceiros do Instituto Politécnico de Leiria (IPL), com o apoio da Unidade de Ensino à Distância correspondente.

 

Através dos cursos disponíveis é possível aprender a construir e partilhar mapas mentais, criar apresentações com o "Prezi", evitar o plágio e gerir os novos formatos “web”. Existem dez cursos de áreas diferentes abertos a estudantes e público em geral.

 

Ainda que disponibilizada por uma instituição do ensino superior, a plataforma terá também disponíveis os cursos "Agenda de Exames", que visam ajudar os estudantes de ensino secundário a prepararem-se para os exames nacionais através de uma boa gestão de tempo de estudo. Português, Matemática A, Biologia e Geologia e Física e Química são as áreas disponíveis no UP2U.

 

Ir às aulas quando bem apetecer

Para quem quiser se inscrever, basta registar-se na página e escolher o tipo de formação que pretende. Há cursos de curta duração, que vão de quatro a dez horas — acessíveis em qualquer momento —, ou de média duração, que podem ir de 40 a 80 horas, e incidem sobre um maior aprofundamento dos conhecimentos e a supervisão dos docentes.

 

Nelson Jorge, um dos mentores do projecto, adianta que a adesão foi bastante positiva, estimando um milhar de registos para o momento actual. Antes mesmo de a plataforma ser divulgada de uma forma oficial, já havia pessoas a quererem inscrever-se. A plataforma "é um reaproveitar de recursos que já existiam e eram usados internamente". Para o futuro, considera-se a possibilidade de colocar disponíveis alguns módulos lecionados no IPL, para que os interessados na área possam adquirir conhecimentos mesmo antes de integrarem a licenciatura em questão.

 

A escolha de quando e como realizar as actividades de cada curso é feita pelos alunos. Já a avaliação final dos cursos é feita online, através de perguntas de escolha múltipla e com correcção automática. O primeiro curso a arrancar é o de "Construção e partilha de mapas mentais", já nesta sexta-feira, 7 de Março.

 

O conceito MOOC nasceu em 2008 pelas mãos de Dave Cormier (Universidade de Prince Edward Island, no Canadá) e, desde então, tem vindo a expandir-se substancialmente. Como a sigla indica, consiste na disponibilização de cursos online — que utiliza diversas plataformas web 2.0 e redes sociais — abertos e massivos. Podem encontrar-se várias plataformas MOOC pelo mundo, mas algumas das mais populares são a Coursera, a Udacity e a EDX. Em Portugal, ainda não são muito comuns, mas já existem na Universidade Aberta, desde o ano passado, e, mais recentemente, na Universidade de Coimbra.

Eu acho que

Pub

P3 now speaks English. See our galleries

Ensino superior

Muitos jovens percorrem um caminho difícil para entrar em medicina, mas nem sempre conseguem ingressar no curso. O P3 conversou com jovens que...

Holy Cows ou telas que andam

Fotografia // "Quando vi pela primeira vez uma vaca sagrada decorada, em Tamil Nadu (na Índia...