Orienta-te Redes Sociais

Stephen Lam/Reuters

Leiria

Já há mais uma plataforma de cursos online gratuitos

O Instituto Politécnico de Leiria aventurou-se no mundo dos MOOCs (Massive Open Online Courses) e começa, a partir desta sexta-feira, a formar online, de forma gratuita e livre

Texto de Fabiana Queirós de Oliveira/JPN • 07/03/2014 - 13:32

Distribuir

Imprimir

//

A A

A plataforma UP2U está há algum tempo disponível online (em protótipo), mas os interessados já se podem inscrever nos diversos cursos concebidos por professores e parceiros do Instituto Politécnico de Leiria (IPL), com o apoio da Unidade de Ensino à Distância correspondente.

 

Através dos cursos disponíveis é possível aprender a construir e partilhar mapas mentais, criar apresentações com o "Prezi", evitar o plágio e gerir os novos formatos “web”. Existem dez cursos de áreas diferentes abertos a estudantes e público em geral.

 

Ainda que disponibilizada por uma instituição do ensino superior, a plataforma terá também disponíveis os cursos "Agenda de Exames", que visam ajudar os estudantes de ensino secundário a prepararem-se para os exames nacionais através de uma boa gestão de tempo de estudo. Português, Matemática A, Biologia e Geologia e Física e Química são as áreas disponíveis no UP2U.

 

Ir às aulas quando bem apetecer

Para quem quiser se inscrever, basta registar-se na página e escolher o tipo de formação que pretende. Há cursos de curta duração, que vão de quatro a dez horas — acessíveis em qualquer momento —, ou de média duração, que podem ir de 40 a 80 horas, e incidem sobre um maior aprofundamento dos conhecimentos e a supervisão dos docentes.

 

Nelson Jorge, um dos mentores do projecto, adianta que a adesão foi bastante positiva, estimando um milhar de registos para o momento actual. Antes mesmo de a plataforma ser divulgada de uma forma oficial, já havia pessoas a quererem inscrever-se. A plataforma "é um reaproveitar de recursos que já existiam e eram usados internamente". Para o futuro, considera-se a possibilidade de colocar disponíveis alguns módulos lecionados no IPL, para que os interessados na área possam adquirir conhecimentos mesmo antes de integrarem a licenciatura em questão.

 

A escolha de quando e como realizar as actividades de cada curso é feita pelos alunos. Já a avaliação final dos cursos é feita online, através de perguntas de escolha múltipla e com correcção automática. O primeiro curso a arrancar é o de "Construção e partilha de mapas mentais", já nesta sexta-feira, 7 de Março.

 

O conceito MOOC nasceu em 2008 pelas mãos de Dave Cormier (Universidade de Prince Edward Island, no Canadá) e, desde então, tem vindo a expandir-se substancialmente. Como a sigla indica, consiste na disponibilização de cursos online — que utiliza diversas plataformas web 2.0 e redes sociais — abertos e massivos. Podem encontrar-se várias plataformas MOOC pelo mundo, mas algumas das mais populares são a Coursera, a Udacity e a EDX. Em Portugal, ainda não são muito comuns, mas já existem na Universidade Aberta, desde o ano passado, e, mais recentemente, na Universidade de Coimbra.

Eu acho que

Pub

Bicicleta

É uma bicicleta com pedalada assistida e pesa 38 quilos. Nasceu no Instituto Politécnico de Viana do Castelo, alicerçada no conceito de bike sharing...

Não sentem atracção sexual e são...

LGBT // Há quem não sinta atracção sexual. Não, não estão doentes, não têm traumas nem...