Orienta-te Redes Sociais

Manda-te.com

Robert Galbraith/Reuters

Desemprego

Manda-te.com promete ajudar quem está sem emprego

Filipe Amorim deu vida ao Manda-te.com, site que está esta quinta-feira online pela primeira vez

Texto de Balolas Carvalho • 04/04/2013 - 12:18

Distribuir

Imprimir

//

A A

Filipe Amorim tem 32 anos e é licenciado em Recursos Humanos. Dez anos depois de conseguir trabalhar na sua área de estudos, o jovem de Espinho viu a sua vida mudar quando, no ano passado, a empresa em que trabalhava entrou em processo de insolvência. Costuma-se dizer “ano novo vida nova”. E Filipe pôs o ditado à prova.

 

Impulsionado pelo facto de estar desempregado e tendo em conta o panorama nacional, Filipe criou a 16 de Janeiro deste ano uma página no Facebook Manda-te, Emprego no Estrangeiro. Começou por divulgar ofertas de emprego no estrangeiro e algumas a nível nacional. Em menos de três meses a página conseguiu mais de 20.000 gostos e a caixa de correio é constantemente invadida por currículos.

 

O site Manda-te.com é uma plataforma com uma maior diversidade de conteúdos em relação à anterior e conta com secções como: Emprego, Empreendedorismo, Notícias, Formação e Artigos. É uma forma de ajudar as pessoas a “arriscarem” não necessariamente lá fora, mas principalmente uma forma de alimentar o espírito de iniciativa “criando um maior focus no interior de cada pessoa”, explica Filipe.

 

O objectivo do projecto Manda-te.com é “semear a iniciativa e o empreendedorismo ” ao compilar “as melhores oportunidades de trabalho para portugueses em países estrangeiros”. Ao mesmo tempo tem em atenção a valorização pessoal contando assim com “as melhores ofertas de formação na área do desenvolvimento pessoal e profissional”.

 

Selecção e trabalho diário

Filipe está sozinho neste projecto e é através de “uma pesquisa diária “ que encontra aquelas que considera serem as melhores ofertas. Partilha em primeiro lugar “ empregos que procurem especificamente portugueses” depois, eventualmente, partilha outras ofertas. Tenta escolher sempre as fontes que considera mais fidedignas, mas “já aconteceu ter dúvidas” e enviar através de e-mail um pedido de esclarecimento.

 

Em relação às áreas com maior oferta de emprego, a resposta "é fácil". São as engenharias (Informática, Civil e Mecânica).

 

Ao conjugar o factor proximidade e oferta constata pela sua experiência que o Reino Unido tem sido o país mais generoso, no entanto, mais distantes Angola, Brasil e Austrália são países com uma oferta de emprego crescente.

Eu acho que
Videoclipe.pt

Audio

Laura quer que as pessoas entrem no atelier dos artistas "com um clique"

Acessibilidade

Empresa do Porto desenvolveu uma nova funcionalidade no dispositivo que localiza objectos, animais ou pessoas, através de uma aplicação. O controlo de voz do...

As mulheres de verdade têm pêlos,...

Livro // Há cerca de dois anos, num qualquer dia quentes de Primavera, Rocío Salazar...