Eles querem jogar basquetebol mas precisam de cadeiras de rodas

autoria Andreia Cunha

// data 23/12/2016 - 18:16

// 3966 leituras

“Nós jogamos basquetebol em cadeira de rodas”. João, Ruben e Vítor partilham um sonho: o basquetebol. São jovens (entre 12 e 22 anos) com deficiência motora e sentam-se em cadeiras de rodas emprestadas para praticar o desporto preferido. No Basket Clube de Gaia encontraram as portas abertas para jogar basquetebol adaptado. Juntos descobriram como trabalhar em equipa e esperam poder partilhar esta paixão com novos companheiros. Apenas existe um entrave: são necessárias cadeiras de rodas de competição para todos os atletas, cujo preço “não está ao alcance” do clube. A vontade de “proporcionar aos jovens com deficiência motora a oportunidade de desfrutarem da modalidade” levou a equipa a criar uma campanha de angariação de fundos, que teve início no dia 13 de Dezembro, e que pretende trazer para Portugal escalões de formação desta modalidade, “uma vez que as equipas existentes não contemplam escalões jovens”, lê-se em comunicado enviado ao P3. O objectivo do projecto dinamizado pelo clube e por Pedro Bártolo, treinador e jogador profissional de basquetebol adaptado, é a compra de dez cadeiras de rodas com um custo de 727 euros cada. No total, são precisos 6700 euros para avançar com o projecto. Este valor, além de ser “muito mais baixo do que aquele habitualmente necessário” para adquirir este tipo de equipamentos, permite adquirir cadeiras ajustáveis em largura, altura do encosto e apoio de pés, “aspectos que as tornam ideais para crianças e jovens”. A campanha tem sido promovida com o auxílio deste vídeo e está activa até ao próximo dia 7 de Fevereiro na Plataforma de Crowdfunding PPL.

 

Actualização — O Basket Clube de Gaia concluiu com sucesso uma campanha de crowdfunding, angariando os 6.700 euros necessários para formar uma equipa de basquetebol em cadeira de rodas. A campanha, que encerra a 7 de Fevereiro, já atingiu os 6.728 euros, pelo que o clube de Vila Nova de Gaia vai poder concretizar a compra de dez cadeiras de rodas para a prática de basquetebol e demais acessórios.

Eu acho que