Simon é autista e só respira debaixo de água

autoria @autistic_soul_diver

// data 10/08/2016 - 10:19

// 11140 leituras

O autismo não-verbal de Simon foi diagnosticado aos três anos de idade. A dificuldade em comunicar e estabelecer relações de natureza social é uma das características mais determinantes dessa condição e uma das que mais condiciona a independência de quem dela padece. Simon começou a frequentar aulas de natação aos 12 anos e as mudanças na sua vida não se fizeram esperar. Apaixonou-se pela água, passou a flutuar horas a fio e a mergulhar até 15 metros de profundidade todos os dias. "A profundidade não é o objectivo", esclarece Juan, o pai de Simon. "Praticar um desporto que adora dá-lhe a confiança necessária para enfrentar outros desafios." Juan tornou-se mergulhador certificado para poder acompanhar o filho nas suas deambulações subaquáticas e para poder partilhá-las com o mundo através da sua conta de instagram, @autistic_soul_diver. Juan pretende, com a partilha da história de Simon, "promover a práctica da natação entre crianças autistas", actividade que acredita ter operado um pequeno milagre na vida do filho. Neste vídeo, podemos ver Simon ensinar outra criança autista a aplicar técnicas de relaxamento dentro de água - em suma, uma demonstração de que o autismo não é uma condição estanque.

Eu acho que