Orienta-te Redes Sociais

Rui Farinha

Festival

O festival Happy Holi está de volta a Portugal

Está a chegar mais uma edição do festival Happy Holi. O sucesso do ano passado ditou que a iniciativa se repetisse — e em mais cidades. O Porto é a primeira a receber a festa colorida, a 22 de Junho

Texto de José António Pereira/JPN • 15/04/2014 - 18:37

Distribuir

Imprimir

//

A A

De 45 em 45 minutos, uma explosão de cor misturada com música, dança e alegria para todo o tipo de público. O Happy Holi deixou marca no ano passado, no Porto e em Lisboa, por isso, este ano repete-se.

 

"É um festival de música com actuações de DJ nacionais", explica Fernando Sá, promotor do evento. "No ano passado, o evento correu muito bem, tivemos um feedback fantástico e tivemos solicitações por parte do público para apostar noutras cidades. Fizemos um estudo e acreditamos que nestas cidades haverá bastante adesão pelo facto do evento se realizar com quase um mês de distância entre cada uma das cidades", refere.

 

O objectivo da organização é ultrapassar as 12 mil inscrições conseguidas em 2013. Por isso, já há cinco zonas confirmadas em Portugal: Porto, a 22 de Junho; Braga, a 20 de Julho; Algarve, a 10 de Agosto; Lisboa, a 14 de Setembro; Coimbra, a 28 de Setembro.

 

"A intenção é poder proporcionar o evento ao máximo de pessoas possíveis espalhadas pelo país", conta Fernando Sá. Além destas localidades, estão ainda a ser trabalhados acordos para que o Happy Holi vá aos Açores e à Madeira.

 

Happy Holi começa no Porto

A cidade do Porto é a primeira a receber o festival. E o Centro de Desporto da Universidade do Porto (CDUP) é o palco para a festa. "O grande motivo do festival e a grande atracção são as cores utilizadas. Os participantes reúnem-se todos a curtir o festival e, de 45 em 45 minutos, há um countdown onde as pessoas fazem o lançamento das cores para o ar. Cria-se ali um espírito de alegria e de emoção fantásticos, num ambiente super descontraído", explica o promotor.

 

"Conseguimos criar um ritmo muito dinâmico", diz. "Uma das coisas que sentimos no ano passado foi que houve uma energia e uma euforia desde o início do festival até ao fim", continua. No evento, que começa às 14h e acaba às 22h, pode ouvir-se "um pouco de tudo", sobretudo música comercial. "Temos hip-hop, reggae, R&B, mas maioritariamente música electrónica".

 

Os nomes do cartaz ainda não foram revelados pela organização. "Eu penso que até ao final desta semana, início da próxima, já revelamos o cartaz do Porto", partilha o organizador. Se queres fazer parte deste festival, já podes comprar o bilhete online. Até 30 de Abril, há condições especiais de pré-venda e descontos de 50% para grupos e familiares. Os packs de grupo custam 30 euros e incluem quatro bilhetes adulto e os de família custam 24 euros e incluem dois bilhetes de adulto e dois de criança. Até 30 de Abril, os bilhetes de adulto custam 15 euros e os bilhetes de criança (menores de 12 anos) custam nove euros. Depois de 30 de Abril, os bilhetes de adulto custam 18 euros e os de criança custam 12 euros. Todos eles incluem dois sacos de pó colorido. Os menores de seis anos não pagam entrada.

Eu acho que
Videoclipe.pt

Audio

Laura quer que as pessoas entrem no atelier dos artistas "com um clique"

Contracepção

Do ponto de vista médico, as pílulas de nova geração são mesmo aconselhadas no “tratamento adjuvante” da acne. “É uma enorme vantagem intervir ao nível...

A realidade nua e crua de um parto...

Fotografia // "Alerta: um parto é acontecimento bonito, mas é também turbulento e...