Orienta-te Redes Sociais

Design

A Lego já não é um mundo de homens

Durante dois anos, Ellen Kooijman, deu a cara por uma campanha para a Lego ter mais mulheres: mais cientistas, engenheiras ou bombeiras. A marca anuncia, agora, a produção e venda de uma colecção de mini figuras em que é a mulher quem usa calças

Texto de Rita Salomé Esteves • 05/06/2014 - 10:54

Distribuir

Imprimir

//

A A

Ellen Kooijman, geoquímica, sentiu que faltavam figuras femininas nos produtos Lego. E foi isso que a levou a projectar uma série de mini figuras em que mulheres são o sexo forte das profissões.

 

No projecto inicial de Ellen, seriam cientistas, astrónomas, paleontólogas, geólogas, engenheiras de robótica, treinadoras de falcões, carteiras, mecânicas, bombeiras e trabalhadoras de construção civil. Segundo a BBC, a Lego anunciou o início da produção de uma colecção de mini figuras em que as estrelas são estas profissionais femininas.

 

Em entrevista à BBC, Ellen confessa: “Eu desenhei estas profissionais em mini figuras para as meninas saberem que podem ter a profissão que elas quiserem”. A Lego concorda que este “modelo é uma inspiração, tanto para crianças, como para adultos”.

 

Foi a 28 de Maio que Ellen Kooijman, sob o nome de Alatariel, criou uma campanha na plataforma Lego Ideas para a criação de uma colecção de mini figuras cujas estrelas seriam mulheres em profissões científicas ou “masculinas”.

 

Nessa altura, eram 100 os apoiantes da proposta, mas, a 10 de Junho de 2013, a ideia de Ellen conseguiu arrecadar os 10.000 simpatizantes necessários para levar o projecto a ser revisto pela administração. A Lego Ideas dá possibilidade aos fãs da Lego de levar as suas ideias a concretizarem-se e a fazerem parte da colecção.

 

Apesar de o design original ter de sofrer algumas alterações e de os preços ainda não serem conhecidos, a colecção vai chegar às lojas em Agosto.

 

Texto editado por Luís Octávio Costa

Eu acho que

Pub

P3 now speaks English. See our galleries

Animais

Em 2016, a Ruchi, o Sanjay e a Daisy mudaram-se de Singapura para Portugal. Foi quando precisaram de viajar pela primeira vez sem a Daisy que se aperceberam da...

A realidade nua e crua de um parto...

Fotografia // "Alerta: um parto é acontecimento bonito, mas é também turbulento e...