Orienta-te Redes Sociais

Casa Branca: “Investigação com células estaminais tem o potencial de vir a tratar algumas das doenças mais graves"

Video

Animação científica sobre a biologia molecular das células estaminais (narração em inglês)

DR

Biotecnologia

EUA autorizados a financiar estudos com células estaminais

Governo de Barack Obama vai poder continuar a financiar a investigação com células estaminais embrionárias

Texto de Isabel Gorjão Santos • 29/04/2011 - 19:59

Distribuir

Imprimir

//

A A

O Governo de Barack Obama vai poder continuar a financiar a investigação com células estaminais embrionárias, depois de um tribunal de recurso em Washington ter dado razão aos argumentos da Administração norte-americana.

 

A decisão anunciada nesta sexta-feira reverte outra sentença decretada em primeira instância, em Agosto, que impediu o financiamento público da investigação com células estaminais embrionárias.

 

 "Vitória" para cientistas e pacientes

A Casa Branca considerou que a decisão agora tomada representa “uma vitória para os cientistas e os pacientes do mundo inteiro”.

 “A investigação utilizando células estaminais tem o potencial de vir a tratar algumas das doenças mais graves e traz esperança às famílias e pacientes do mundo inteiro”, disse aos jornalistas um porta-voz da Casa Branca, Nick Papas.

 

Também o presidente da Sociedade Norte-americana de Medicina Reprodutiva, Sean Tipton, disse ter ficado “entusiasmado com esta decisão, que irá permitir aos cientistas financiados com dinheiros públicos continuar o seu trabalho sem constrangimentos políticos”.

 

Lê o artigo completo no PÚBLICO. 

Eu acho que
P3 now speaks English. See our galleries

Audio

Laura quer que as pessoas entrem no atelier dos artistas "com um clique"

Fotografia

Quando falamos de irmãos, a palavra partilhar torna-se praticamente obrigatória. A série Shared, da fotógrafa Nelli Palomäki, propõe uma reflexão...

Bernardo disfarçou-se de turista e...

Livro // Quis olhar para o sector do turismo em Portugal como estrangeiro e, para isso,...