Orienta-te Redes Sociais

Ambiente

A Coca-Cola já existe em saquetas de plástico

Seguindo a tendência dos países da América Central, a Coca-Cola apresentou um novo "recipiente" mais económico: uma saqueta de plástico, tipo insuflável, com a forma da garrafa original e o logótipo

Texto de Filipa Flores • 11/07/2012 - 17:19

Distribuir

Imprimir

//

A A

E se em vez das tradicionais garrafas de vidro e plástico, a Coca-Cola fosse vendida numa espécie de saqueta de plástico? Isso já é possível.

 

À semelhança do que acontece nos países da América Central e América do Sul, em que os refrigerantes são vendidos em sacos de plástico, a Coca-Cola decidiu apresentar a sua própria alternativa, aproveitando o conceito e adaptando o formato tradicional das suas garrafas. Não sabe se algum dia tal virá a acontecer em Portugal. 

 

O resultado está à vista. O refrigerante pode ser vendido numa saqueta de plástico (uma espécie de insuflável) em forma de garrafa clássica e com o logótipo impresso.

 

Em termos práticos, estes recipientes alternativos significam que o refrigerante mais conhecido do mundo fica mais barato, pois os consumidores não têm que pagar a taxa de retorno (tara-perdida).

 

Além disso torna-se ecológico pelo facto de que esta saqueta em plástico pode ser reutilizado e o processo de reciclagem não necessita de tanta energia como uma lata, por exemplo, ou uma garrafa de vidro.

 

É comum nos países da América Central que os refrigerantes de marcas conhecidas ou feitos em casa sejam vendidos em pequenos sacos de plástico de forma a ficarem consideravelmente mais baratos.

 

Consciente desse fenómeno, a Coca-Cola decidiu juntar o útil ao agradável e recuperar a marca (que se perde quando o conteúdo da garrafa ou lata é introduzido no "saco"), desenhando o seu próprio recipiente mais acessível e ecológico. Estas novas saquetas alternativas da Coca-Cola mantêm o refrigerante fresco e já estão a ser vendidas, também, nos países da América do Sul.

 

Actualização (12/07/2012)

De acordo com o autor do site Plastics Today, o responsável pela comunicação da Coca-Cola da América Central, Gustavo Guillén, esclareceu que a companhia de refrigerantes não lançou os "sacos de plástico", uma informação falsa que não é da autoria da Coca-Cola — assim como o vídeo que começou a circular nas redes sociais.

Eu acho que

Pub

P3 now speaks English. See our galleries

Fotografia

Antropólogo apaixonado por fotografia tem milhares de imagens de lugares abandonados, entre Portugal e outros países. Agora, o seu "Proj3ct Urbex" está num...

Mariana ajuda-te a organizar a casa...

The White Room // Mariana Vidal deixou a indústria da moda para se tornar organizadora de espaços...