Campanha

Plantar árvores autóctones nas florestas portuguesas sem sair de casa

Plantar uma árvore autóctone custa apenas três euros. A 4.ª edição da campanha "Uma Árvore pela Floresta" abrange Castanheira de Pêra, um dos concelhos mais fustigados pelos incêndios

Texto de Tiago Ramalho • 18/10/2017 - 16:18

Distribuir

Imprimir

//

A A

Até 30 de Novembro podes plantar árvores sem sair de casa. A campanha "Uma Árvore pela Floresta", resultado de uma parceria entre a Quercus e os CTT, pretende criar uma floresta mais autóctone e, para isso, pede ajuda aos portugueses. O kit “Vale uma Árvore” está disponível online ou numa das 291 lojas CTT associadas, com um custo de três euros.

 

Cada kit comprado equivale a uma árvore nativa que será plantada nas florestas portuguesas: carvalhos, freixos e castanheiros, entre outras. Nesta 4.ª edição da iniciativa, o município de Castanheira de Pêra será um dos beneficiários, por ter sido um “dos concelhos mais afectados pelos incêndios”, lê-se no comunicado da Quercus. Desde 31 de Julho que estes kits estão disponíveis, sendo que as árvores doadas serão plantadas até à Primavera de 2018.

 

No kit está incluída uma árvore em papel reciclado — uma azinheira — e um código para o registo online para o acompanhamento da árvore. Ou seja, podes ficar a saber qual a espécie da árvore, onde está plantada e a evolução da mesma ao longo dos próximos cinco anos.

 

O projecto “pretende promover a criação de bosques autóctones, os quais oferecem uma maior resistência à propagação de incêndios e são os que mais amenizam o clima, promovem a biodiversidade e protegem a nossa paisagem", refere a Quercus no comunicado de 31 de Julho.

 

A campanha “Uma Árvore pela Floresta” está inserida no projecto "Criar Bosques", que entre 2008 e 2015 já plantou perto de 370.000 árvores autóctones. 

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que