E se as ruas de Nova Iorque ficassem submersas?

autoria P3

// data 08/06/2017 - 15:00

// 2457 leituras

O aviso tem vindo a ser feito nas últimas décadas, por parte de cientistas e políticos, em artigos, filmes, declarações. Um dos primeiros a soar o alarme das consequências das alterações climáticas foi James Hansen, professor de Ciências Ambientais e da Terra na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos. Uma subida de apenas dois graus Celsius na temperatura média do planeta pode resultar num aumento do nível médio do mar de cinco a nove metros até ao fim do século XXI. Hansen, antigo cientista da NASA, fez o primeiro aviso em 1988, perante o Congresso norte-americano. Inspirados pelo trabalho de Hansen, a dupla francesa de realizadores Menilmonde imaginou o que aconteceria se a cidade de Nova Iorque ficasse submersa. 2ºC New York City mostra ruas de Manhattan completamente desertas e cobertas de água, uma cidade desolada onde os semáforos continuam a funcionar apesar de não haver carros nem pessoas. A realização do curto vídeo foi “um exercício técnico” com uma forte mensagem ambiental: o aquecimento global não é uma notícia falsa.

Eu acho que