Orienta-te Redes Sociais
Semelhante à madeira, esta substância pode substituir muitos outros materiais me

Semelhante à madeira, esta substância pode substituir muitos outros materiais menos amigos do ambiente DR

A fórmula de transformação das fibras de celulose e água em Zeoform é patenteada

A fórmula de transformação das fibras de celulose e água em Zeoform é patenteada DR

Sustentabilidade

Este material biodegradável quer acabar com o desperdício

O Zeoform é feito de fibras de celulose e água, “verdadeiramente sustentável” e biodegradável. Projecto tem uma campanha de crowdfunding no Indie GoGo

Texto de Ana Maria Henriques • 28/10/2013 - 20:08

Distribuir

Imprimir

//

A A

“Imagina um novo material com a beleza da madeira, a força da fibra de vidro e a versatilidade do plástico. Um material verdadeiramente sustentável, totalmente natural e completamente não tóxico.” Assim começa por ser descrito o Zeoform, um material ecológico que, dizem os seus criadores, pode substituir vários outros menos amigos do ambiente.

 

O Zeoform é uma ideia australiana e é formado exclusivamente por fibras de celulose e água. A fórmula é patenteada e resulta num material que não precisa de cola e que pode ser moldado, comprimido, pintado ou areado, na densidade escolhida.

 

Com aspecto de madeira, esta substância pode ser utilizada numa lista abrangente de produtos: móveis, instrumentos musicais, joalharia, peças industriais, acabamentos e até óculos.

 

É cem por cento biodegradável e pode, ao substituir outros materiais, eliminar o desperdício de recursos limitado no processo de produção. Para que isto deixe de ser uma possibilidade e possa ser concretizado, a Zeo, empresa que desenvolveu o conceito, lançou uma campanha de crowdfunding na plataforma internacional IndieGoGo.

 

O objectivo é conseguir financiamento para a criação de um Centro de Excelência, cujas instalações funcionariam como “incubadora de recursos e conhecimento” e, também, como “showroom” deste material. Na página da campanha, o impacto que esta ideia pode ter no planeta é descrito como “A Revolução Zeoform”. “[esta revolução] É sobre mudar a forma como fazemos, utilizamos e descartamos as coisas do nosso dia-a-dia.”

 

“Zeoform é uma tecnologia inovadora que vai gerar uma nova indústria global — tal e qual aconteceu com o plástico nos anos do pós-guerra”, diz o CEO da empresa, Alf Wheeler. “A realização colectiva desta visão ajudará, indubitavelmente, a transformar o planeta Terra num ambiente mais equilibrado e sustentável para todos.”

Eu acho que
Videoclipe.pt

Audio

Laura quer que as pessoas entrem no atelier dos artistas "com um clique"

Movimento

Movimento cívico português quer pôr um fim à exportação de animais para fora da União Europeia. Avizinha-se uma luta longa e há barcos de papel para ajudar

Entre casais também há violações

Vídeo // A realizadora Chloé Fontaine chamou à curta metragem Je suis ordinaire — o que...